Resumo das Novelas

Previsão do Tempo

Charge da Semana

Recomende-nos
Recomende nosso site para seus amigos!

Assine nosso Jornal
Recomende nosso site para seus amigos!

Siga-nos no Twiter
Siga-nos no Twiter!

Visitas no site

ArtigoS is developed by The SmartFactory (http://www.smartfactory.ca), a division of INBOX Solutions (http://inboxinternational.com)
Artigos > Pará > 'Pastor' estuprador, homicida e traficante é preso
'Pastor' estuprador, homicida e traficante é preso
Cleomilson da Silva Santana Júnior, de 46 anos, foi preso na terça-feira (22). Ele é acusado de estuprar uma comerciária no dia 22 de janeiro. A jovem seguia pela rua Presidente Pernambuco, em direção ao trabalho, quando foi abordada por Cleomilson. Primeiro o acusado pediu dinheiro à vítima, diante da negativa ele a ameaçou com uma faca e a obrigou a seguir com ele até um casarão abandonado, onde a obrigou a fazer sexo oral nele.

A prisão de Cleomilson aconteceu exatamente um mês após o crime. O acusado, que é morador de rua, passou na rua onde a vítima trabalha e acabou sendo reconhecido por populares, que o agarraram e o levaram até a vítima. Ele foi reconhecido e levado por policiais militares até a Seccional da Cremação.

Na delegacia, o acusado confirmou ter estuprado a jovem, mas se justificou afirmando que estava muito bêbado. “Eu não me lembro, estava muito bêbado. Amanheci bebendo naquele dia. Estava tão bêbado que hoje passei na rua em que ela trabalha e não lembrava. Meu negócio é tráfico e homicídio, não sou estuprador”, justificou.

FEZ MESMO

Sem demonstrar a menor preocupação pela situação em que se encontrava, o acusado além de confessar o estupro, contou que é foragido do Estado do Maranhão. Cleomilson disse ser condenado a 15 anos de prisão por dois homicídios, mas que depois de seis anos de prisão, fugiu e voltou para o Pará. “Matei os dois de faca. Eles queriam me matar e eu matei eles primeiro. No segundo me pegaram no flagrante e fui preso. Já tem mais de um ano que fugi de lá”, confessou.

No momento em que foi preso, o acusado também portava 16 “petecas” de pasta de cocaína e cerca de 25g de maconha. “Eu vivia do tráfico. Estava vendendo. Quando me pagaram por causa dessa moça eu mesmo entreguei a droga ao policial. Agora só quero ir para o presídio cumprir minha cana. Se for possível quero ir amanhã (hoje) mesmo para o PEM, não quero ficar aqui porque esses caras (presos da seccional) podem me matar”, declarou.

Cleomilson foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e vai permanecer preso. Ele irá responder a inquérito policial pelo estupro. A polícia ainda vai apurar se ele é realmente foragido do Maranhão. (Diário do Pará)
  Veja em artigo em formato PDF Imprimir artigo Enviar artigo

Navegue pelos artigos
Artigo prévio Pista do aeroporto de Altamira é liberada Sobrinha era violentada pelo tio desde os 7 anos Próximo artigo

Anunciantes

Blog Parceiro

Turismo
Turismo

Poesias
Poesias

Eventos

Foto da Semana

Aniversariantes
Aniversariantes

Comunidade no Orkut
Aniversariantes

Classificados
Classificados Folha

Edições Anteriores
Aniversariantes

Coluna Social
Coluna Social

Enquetes